em

Como Proteger Seu Pet das Doenças Tropicais Brasileiras

Com o clima tropical do Brasil, diversas doenças podem afetar a saúde dos animais de estimação. Por isso, é fundamental saber como protegê-los dessas enfermidades e garantir seu bem-estar. Neste artigo, apresentaremos algumas informações importantes sobre prevenção e cuidados com os pets em relação às doenças tropicais brasileiras.

Conheça as principais doenças tropicais que afetam pets no Brasil

Antes de aprender a proteger seu pet, é necessário entender quais doenças são mais comuns no país. Entre elas estão:

  • Leishmaniose: uma doença parasitária transmitida pela picada do mosquito-palha infectado. Pode causar lesões na pele, perda de peso e até óbito se não tratada.
  • Dirofilariose: conhecida como ‘verme do coração’, essa doença é transmitida pela picada do mosquito Aedes aegypti e pode levar à insuficiência cardíaca congestiva.
  • Babesiose: causada por protozoários transmitidos por carrapatos, essa enfermidade causa anemia hemolítica aguda e pode ser fatal.
  • Ehrlichiose: também transmitida por carrapatos, provoca anemia, febre e outros sintomas semelhantes aos da dengue.

Mantenha a vacinação em dia

A vacinação é uma das principais formas de prevenir doenças em animais de estimação. No Brasil, as vacinas obrigatórias para cães são a V8 ou V10 (que protege contra diversas doenças virais) e a antirrábica. Já para gatos, a tríplice felina e a antirrábica são essenciais.

Além dessas, outras vacinas podem ser indicadas pelo veterinário de acordo com a região onde o pet vive e os riscos aos quais está exposto. Portanto, consulte um profissional e siga o calendário de vacinação recomendado.

Controle de ectoparasitas

Carrapatos, pulgas e mosquitos são responsáveis pela transmissão de várias doenças tropicais em pets. Por isso, é fundamental manter o controle desses parasitas externos. Algumas medidas incluem:

  • Uso de produtos específicos: no mercado existem diversos antipulgas e carrapaticidas que podem ser aplicados diretamente na pele do animal ou em seu ambiente.
  • Higiene do ambiente: mantenha o local onde seu pet vive sempre limpo e higienizado. Lave as caminhas, brinquedos e outros objetos com frequência.
  • Vistoria periódica: examine regularmente a pelagem do seu pet em busca de sinais de ectoparasitas.

Cuidados com a alimentação

A alimentação adequada é fundamental para manter a saúde dos animais de estimação e fortalecer seu sistema imunológico. Por isso, ofereça uma dieta balanceada e de qualidade, rica em nutrientes essenciais.

Evite dar alimentos inadequados, como restos de comida humana, e consulte o veterinário para saber qual a melhor opção de ração ou alimentação natural para o seu pet.

Visitas regulares ao veterinário

A prevenção é sempre o melhor remédio. Por isso, leve seu pet ao veterinário regularmente para check-ups e acompanhamento da saúde geral.

Caso observe algum sintoma estranho ou mudança no comportamento do animal, procure atendimento médico-veterinário imediatamente.

Eduque-se sobre as doenças tropicais

Por fim, é fundamental que os tutores estejam informados sobre as doenças tropicais brasileiras e seus possíveis impactos na saúde dos pets. Assim, você estará mais preparado para identificar sinais de alerta e buscar ajuda profissional rapidamente.

Além disso, compartilhe essas informações com outros tutores e ajude a conscientizar sobre a importância da prevenção e cuidados com os animais de estimação.

Aquecimento de 19°c obrigatório na França: eis o valor da multa por não conformidade

O Ano do Coelho: quais são os signos mais sortudos em 2023 de acordo com o horóscopo chinês?