em

Guia Completo de Vacinação para Cães e Gatos no Brasil

Confira neste guia completo tudo que você precisa saber sobre a vacinação de cães e gatos no Brasil, garantindo a saúde e bem-estar dos seus pets.

Importância da vacinação

A vacinação é fundamental para garantir a saúde e qualidade de vida dos animais. As vacinas protegem os pets contra diversas doenças, muitas delas graves e com risco de morte. Além disso, a imunização também contribui para o controle de doenças em geral, evitando surtos e a propagação de enfermidades entre animais e até mesmo humanos.

É importante ressaltar que a vacinação deve ser realizada desde filhotes, seguindo um calendário específico de cada espécie e conforme orientação do médico veterinário. Dessa forma, os animais estarão protegidos desde cedo contra as principais doenças.

Vacinas obrigatórias para cães

No Brasil, algumas vacinas são consideradas obrigatórias para os cães. São elas:

  • V8 ou V10 (óctupla ou décupla): protege contra cinomose, parvovirose, coronavirose, leptospirose, adenovirose tipo 1 e 2, parainfluenza canina e hepatite infecciosa canina.
  • Antirrábica: protege contra a raiva, uma doença fatal tanto para animais quanto para humanos. A vacina antirrábica é obrigatória por lei em todo o território nacional.

Outras vacinas podem ser recomendadas pelo médico veterinário, a depender do estilo de vida e condições do animal, como a vacina contra giardíase, leishmaniose e tosse dos canis, por exemplo.

Vacinas obrigatórias para gatos

Já para os gatos, as vacinas obrigatórias são:

  • Tríplice felina: protege contra rinotraqueíte, calicivirose e panleucopenia felina.
  • Antirrábica: assim como nos cães, a vacina contra raiva também é obrigatória para gatos em todo o Brasil.

Além dessas, outras vacinas podem ser indicadas pelo veterinário com base nas necessidades específicas do felino, como a quádrupla felina (que inclui proteção contra clamidiose) e a vacina contra leucemia felina.

Calendário de vacinação

O calendário de vacinação varia entre cães e gatos e deve ser seguido rigorosamente para garantir a eficácia das imunizações. Confira abaixo um exemplo de calendário para cada espécie:

Cães:

  • 6 a 8 semanas de vida: primeira dose da V8 ou V10;
  • 10 a 12 semanas de vida: segunda dose da V8 ou V10;
  • 14 a 16 semanas de vida: terceira dose da V8 ou V10;
  • 16 semanas de vida: vacina antirrábica.

A partir de então, as vacinas devem ser atualizadas anualmente, com reforços das doses da V8 ou V10 e da antirrábica.

Gatos:

  • 6 a 8 semanas de vida: primeira dose da tríplice felina;
  • 10 a 12 semanas de vida: segunda dose da tríplice felina;
  • 14 a 16 semanas de vida: terceira dose da tríplice felina;
  • 16 semanas de vida: vacina antirrábica.

Assim como nos cães, os gatos também devem receber reforços anuais das vacinas tríplice felina e antirrábica.

Cuidados na vacinação

Além de seguir o calendário de vacinação, é importante tomar alguns cuidados para garantir que as imunizações sejam eficazes e seguras para os pets. Veja algumas dicas:

  • Consulte sempre um médico veterinário para orientação sobre as vacinas adequadas e o calendário específico para seu animal;
  • Mantenha o ambiente limpo e livre de parasitas (como pulgas e carrapatos) antes e após a vacinação;
  • Observe seu pet após a aplicação das vacinas, pois podem ocorrer reações adversas, como febre, dor no local da aplicação, entre outros sintomas. Caso note algo fora do comum, informe ao veterinário imediatamente.

Buzzly – As melhores notícias para compartilhar com você

Aquecimento de 19°c obrigatório na França: eis o valor da multa por não conformidade